quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Oscars 2017 - Filmes nomeados #2

Voltamos a falar dos filmes nomeados para os Oscars deste ano, desta com a restante lista dos nomeados.

Manchester by the Sea


After the death of his older brother Joe (Kyle Chandler), Lee Chandler (Casey Affleck) is shocked to learn that Joe has made him sole guardian of his nephew Patrick (Lucas Hedges). Taking leave of his job, Lee reluctantly returns to Manchester-by-the-Sea to care for Patrick, a spirited 16-year-old, and is forced to deal with a past that separated him from his wife Randi (Michelle Williams) and the community where he was born and raised. Bonded by the man who held their family together, Lee and Patrick struggle to adjust to a world without him.



Que filme bom. Uma história triste, carregada de mágoa e remorso, com uma interpretação maravilhosa de Casey Affleck

Gostei imenso do filme, no entanto, há algo que me incomoda muito. Não sendo fã da Michelle Williams, consigo abstrair-me e apreciar o seu trabalho, mas ser nomeada por este papel é ultraje. A cena retratada no cartaz é salva exclusivamente pelo brilhantismo do actor.
Para ver e rever.


Hidden Figures

HIDDEN FIGURES is the incredible untold story of Katherine G. Johnson (Taraji P. Henson), Dorothy Vaughan (Octavia Spencer) and Mary Jackson (Janelle Monáe)-brilliant African-American women working at NASA, who served as the brains behind one of the greatest operations in history: the launch of astronaut John Glenn into orbit, a stunning achievement that restored the nation's confidence, turned around the Space Race, and galvanized the world. The visionary trio crossed all gender and race lines to inspire generations to dream big.


Sabem aqueles filmes que após acabarem temos a vontade de conquistar o mundo? De realizar e criar coisas? Este é um deles.

Gosto de histórias verídicas, gosto de conhecer as histórias inspiradoras de anónimos. E este é um filme inspirador. 
O racismo e machismo de mãos dadas, mulheres inteligentes e bem formadas e uma luta constante de evolução é a receita para um dos meus filmes favoritos desta lista

Hell and High Water


Texas brothers--Toby (Chris Pine), and Tanner (Ben Foster), come together after years divided to rob branches of the bank threatening to foreclose on their family land. For them, the hold-ups are just part of a last-ditch scheme to take back a future that seemed to have been stolen from under them. Justice seems to be theirs, until they find themselves on the radar of Texas Ranger, Marcus (Jeff Bridges) looking for one last grand pursuit on the eve of his retirement, and his half-Comanche partner, Alberto (Gil Birmingham). As the brothers plot a final bank heist to complete their scheme, and with the Rangers on their heels, a showdown looms at the crossroads where the values of the Old and New West murderously collide.




Cru. Forte. Dramático. Gostei tanto deste filme. 

Tenho de começar por dizer que adoro o Jeff Bridges. Acho-o um dos grandes de Hollywood e é raro o trabalho de que não gosto. Este não é excepção. Se a dupla de irmãos tem uma dinâmica fantástica, é a presença de Bridges que faz deste um filme a lembrar daqui a alguns anos. 
Para mim, o Oscar de actor secundário está mais que entregue. 

La la land 


Written and directed by Academy Award (R) nominee Damien Chazelle, LA LA LAND tells the story of Mia [Emma Stone], an aspiring actress, and Sebastian [Ryan Gosling], a dedicated jazz musician, who are struggling to make ends meet in a city known for crushing hopes and breaking hearts. Set in modern day Los Angeles, this original musical about everyday life explores the joy and pain of pursuing your dreams.



Este foi o filme mais difícil de assistir por uma questão. Ouvi tanta coisa antes que tive dificuldade de me abster delas. A critica é quase unânime, ganhou quase tudo a que estava nomeado e o público está apaixonado. 

Eu gostei. Não acho que seja uma obra de arte, não acho que mereça as 14 nomeações, que o elevam a clássicos monstruosos como o Titanic ou o Senhor dos Anéis. 
É um filme bonito, uma história muito bem contada. Mas é um musical e eu detesto musicais.
Não é um dos meus favoritos mas provavelmente vai ser o vencedor.

Lion 


Five-year-old Saroo gets lost on a train which takes him thousands of Kilometers across India, away from home and family. Saroo must learn to survive alone in Kolkata, before ultimately being adopted by an Australian couple. Twenty-five years later, armed with only a handful of memories, his unwavering determination, and a revolutionary technology known as Google Earth, he sets out to find his lost family and finally return to his first home.



Não esperava gostar deste filme. Normalmente não aprecio filmes que puxem à lágrima e este pareceu-me isso. Mas estava enganada. Uma história verídica, um filme emotivo, uma história muito bonita. Gosto especialmente das cenas onde aparece o pequeno Saroo, que cara amorosa!
Foi uma surpresa no entanto não acredito que seja uma aposta vencedora de Oscar. 



Qual a vossa aposta para vencedor de melhor filme? 

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Tendência #15 - 80´s

O estilo dos anos 80 voltou em força na temporada Outono/Inverno mas continua forte na próxima temporada. 
Metálicos, folhos e cinturas marcadas. Tudo de bom que os loucos anos 80 nos deram.



Podemos encontrar esta tendência em todas as lojas de fast fashion e aqui ficam algumas sugestões.







Gostam desta tendência ou são daqueles que abominam este revivalismo dos 80´s?

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Look da Semana

Depois de uma semana de pausa, eis os looks da semana.
Vou ser sincera, esta semana não estive inspirada. Não estou em busca de elogios, jamais, mas acredito mesmo que é uma semana fraca. Talvez por estar cansada do frio e querer novos conjuntos. 
Mas se esta semana não estou tão feliz com estes looks, para a semana farei melhor. Prometo!

Profissionais 

Segunda-feira - Casaco Guess, Blusa Marella Luchino, Saia J. Crew, Sapatos Saint Laurent, Bolsa Prada, Brincos Roberta de Morris 
Terça-feira - Casaco Harris Wharf, Vestido Karen Miller, Sapatos Gianvitto Rossi, Bolsa Michael Kors, Brincos Bling Sense
Quarta-feira - Casaco Mango, Camisa Miss Selfridge, Saia Miu Miu, Sapatos Aldo, Bolsa Ted Baker
Quinta-feira - Casaco Beulott London, Coulottes Emporio Armani, Camisa Elie Tahari, Sapatos Marc Fisher, Lenço Mango, Bolsa Mango
Sexta-feira - Casaco Samsoe&Samsoe, Calças Joseph, Blusa Topshop, Sapatos Zaful, Bolsa Louis Vuitton, Brincos Stanley Hagler

Gosto muito do look de Quinta-feira, talvez porque apresento cores mais primaveris e texturas mais frescas. 

Casuais 

Segunda-feira - Casaco Mango, Saia LK Bennett, Camisa Moschino, Sapatos Nine West, Bolsa Jimmy Choo
Terça-feira - Casaco River Island, Jeans Zaful, Camisola Genuine People, Ténis Nike, Bolsa Armani, Boné Sole Society
Quarta-feira - Casaco Mango, Jeans M&S, Camisola Steffen Schrut, Botas Gianvitto Rossi, Bolsa The Cambridge Satchel
Quinta-feira - Casaco Paper, Vestido Mango, Botas Madewell, Bolsa Tom Ford, Óculos Chloé
Sexta-feira - Blusão Andrew Marc, Blusa Ralph Lauren, Jeans Alice+Olivia, Sapatos Reike, Bolsa J. Crew

Além de gostar mais dos looks casuais desta semana, parece-me mais do mesmo. Gosto particularmente do look de Sexta-feira, muito devido aos sapatos que são uma obra de arte.

Boa semana e bons looks. 

sábado, 18 de fevereiro de 2017

O que li durante a semana #21

Depois de uma semana de pausa das notícias, hoje voltamos. Sem Trump!

Mais uma vez, a discriminação latente. 

Gosto tanto de ler artigos como este. Acho fantástico saber o que aconteceu e como aconteceu há tantos anos de distância de nós. 

Sendo eu intolerante, é uma temática que me interessa e faz pensar.

Um artigo interessante que nos faz pensar sobre a crescente democratização na moda e como isso vai mudar a nossa forma de a encararmos. 

UM projecto fantástico e muito objectivo que vai possibilitar a um maior número de pessoas reconhecer os actos agressivos.


sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Oscars 2017 - Filmes nomeados #1

A uma semana dos Oscars, a corrida para ver todos os filmes nomeados vai a todo o vapor.
Este é o primeiro de dois posts sobre os filmes nomeados, as minhas considerações e desilusões.
Sim, houve uma enorme!

Arrival

When mysterious spacecraft touch down across the globe, an elite team--lead by expert linguist Louise Banks (Amy Adams)--are brought together to investigate. As mankind teeters on the verge of global war, Banks and the team race against time for answers--and to find them, she will take a chance that could threaten her life, and quite possibly humanity.

O primeiro dos nomeados que vi, faz parte dos meus favoritos de 2016. Acho um filme mesmo muito bom, que saí da normalização do que são filmes com extraterrestres.
Amy Adams maravilhosa, como sempre.
Além de tudo, não é um dos meus favoritos à vitória.

Fences

Denzel Washington directed and stars in this adaptation of August Wilson's Pulitzer Prize-winning play, which centers on a black garbage collector named Troy Maxson in 1950s Pittsburgh. Bitter that baseball's color barrier was only broken after his own heyday in the Negro Leagues, Maxson is prone to taking out his frustrations on his loved ones. Both Washington and co-star Viola Davis won Tonys for their performances in the 2010 revival of the play. Stephen Henderson, Jovan Adepo, Russell Hornsby, and Mykelti Williamson round out the supporting cast.

Um dos meus favoritos! Há algumas criticas relativas à composição do filme, que quase parece uma peça, mas é uma obra de arte de Denzel Washington e Viola Davis, Que actores!
Os diálogos são maravilhosos, as interpretações fantásticas e uma história que nos prende e faz reflectir no decorrer do filme. Muito bom

Hacksaw Ridge

HACKSAW RIDGE is the extraordinary true story of Desmond Doss [Andrew Garfield] who, in Okinawa during the bloodiest battle of WWII, saved 75 men without firing or carrying a gun. He was the only American soldier in WWII to fight on the front lines without a weapon, as he believed that while the war was justified, killing was nevertheless wrong. As an army medic, he single-handedly evacuated the wounded from behind enemy lines, braved fire while tending to soldiers and was wounded by a grenade and hit by snipers. Doss was the first conscientious objector to ever earn the Congressional Medal of Honor.

Uma surpresa. Eu gosto de filmes de guerra. A dureza e violência também precisam ser vistas para sabermos o que não fazer mais. Mas este filme é mais que isso, é um filme de coragem e resiliência. De valores. 
Há momentos de violência que impressionam mas há também momentos belíssimos. 

Moonlight

The tender, heartbreaking story of a young man's struggle to find himself, told across three defining chapters in his life as he experiences the ecstasy, pain, and beauty of falling in love, while grappling with his own sexuality.

Vi o trailer e pus as minhas cartas todas neste filme. Maior desilusão. 
A premissa é maravilhosa, tinha tudo para ser o meu filme do ano, mas simplesmente ficou pelo caminho. 
Uma cronologia estranha, cenas forçadas e uma falta de força que não deixa dúvidas à desilusão. Queria tanto que fosse bom. 

Qual o vosso favorito?
Para a semana sai o post com os restantes filmes. 

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Que bonitinho #4 - ban.do

Hora de vos mostrar mais uma marca fofinha. A ban.do é uma marca americana que tem os produtos mais trendy. Cores bonitas, linhas engraçadas e produtos muito úteis. 

Bolsas
Papelaria Canecas e Copos
Gostam destes produtos? Eu preciso da caneca The Boss, alcunha que muitos amigos me deram. 
A ban.do é vendida em algumas lojas em Portugal de artigos de papelaria. 

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

O feminismo está na moda #2

Está, literalmente, na moda. A Dior criou esta t-shirt e foi ver todas as celebridades a vesti-la e assumi-la. 
Já li todas as opiniões possíveis. Quem ache catastrófica a apropriação de um conceito tão nobre como o feminismo pela moda (mas afinal ela não se apropria de tudo?), quem ache importante a divulgação mais ecléctica dos motivos feministas que assim chegarão a mais gente e quem não tenha mais nada a dizer senão que a t-shirt é gira. 

Eu acho fantástico. 
Durante décadas fomos consumidos por cultura machista. Filmes, músicas, comunicação social e por aí for.
Fomos levados a acreditar que as mulheres são um pacote bonitinho sem grande conteúdo. Fomos levados a acreditar que os lugares estavam fixados e não eram para mexer.
Pois bem, estão a ser mexidos. 

Num momento de flutuação a vários níveis no mundo, o movimento feminista está a ser ouvido. E como é que se está a conseguir isso? Exactamente, porque figuras que chegam a todos estão a começar a perceber que o seu papel é importantíssimo na divulgação de ideias. Termos mulheres poderosas e conhecidas como a Rihanna ou a Jennifer Lawrence a usar a t-shirt da Dior é conseguir que miúdas de tenra idade comecem a perguntar o que é isso de ser feminista. É estimular a curiosidade e a dúvida e isso, é o melhor que podemos querer para o nosso futuro.

É tão bom quando a moda está do lado bom.  

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Especial Dia dos Namorados #5 - O Amor



Muitas pessoas apregoam aqueles lugares comuns como "Não gosto de datas pré estipuladas, onde nos dizem o que temos de comemorar." Tal qual como o Natal é quando um homem quiser e o Dia da Mulher é despropositado.

Era bonito. Era bom vivermos numa sociedade onde não fosse necessário estipularmos datas especificas para comemorar algo. Mas a verdade é que não vivemos. 
Vivemos numa sociedade que corre a uma velocidade que nos faz correr para acompanhar, numa sociedade que nos cobra tanto tempo, que fica difícil pararmos para comemorar seja o que for. 
Era bom, mas não é verdade.

Cada um sabe de si e da forma como quer e sabe viver a sua vida. Se eu preciso do Dia dos Namorados para amar e me sentir amada? Não, não preciso. Mas eu sou abençoada nesse quesito. Mas jamais posso julgar o mundo através do meu espelho.

Hoje, há casais a partilhar uma refeição sozinhos a primeira vez em meses. Há mães a embelezarem-se e a usar aquele perfume especial. Há pais a usarem aquela camisa das ocasiões especiais. Há casais a sair para se divertirem a primeira vez desde que o seu bebé nasceu. 

Há floristas a comprar um jantar especial porque as vendas foram tão boas. Donos de restaurantes a dar um bónus aos empregados porque a noite rendeu. 

Há todo um mundo de pessoas mais felizes porque o dia do amor acontece. 

E o amor é isso. Melhorar a vida. De quem for. Quando for. De que forma for. 

Vamos espalhar amor hoje, mesmo que seja com data marcada. 
E para quem é abençoado, vamos espalhar de novo amanhã.

Feliz Dia dos Namorados a todos. 

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Especial Dia dos Namorados #4 - Mimos para a menina e o menino

Como já referi, o dia dos namorados não é, para mim, uma data onde devemos oferecer presentes de grande valor. É para comemorarmos o amor e não é necessário pequenas fortunas para isso.
Mas como todos gostamos de receber um miminho, aqui ficam algumas opções para de produtos para nos cuidarmos.
São opções baratinhas mas de grande utilidade.
Pessoalmente, queria qualquer um dos produtos para menina.