terça-feira, 31 de maio de 2016

Dia Mundial da Criança - Ideias de Presentes

Amanha comemora-se o Dia Mundial da Criança. É um dia lindo.
Não gosto de divinizar as crianças, não são todos anjos nem criaturas celestes. Existem alguns que são verdadeiros demónios. Mas são a melhor coisa do mundo.
Não sendo mãe, tive a felicidade de ter vários primos com idades distantes da minha, o que me permitiu beneficiar da sua criancice, sendo eu já adulta, ou quase.

Por isso o dia de amanha é importante. Não só para os mimarmos especialmente mas também para os alertarmos e ensinarmos a valorizar a sua infância.
Lembro-me bem de uma conversa que os meus pais tiveram comigo num destes dias. Eu queria muito um brinquedo para o dia da criança, os meus pais compraram mas ao mesmo tempo sentaram-se e explicaram que nem todas as crianças tinham a mesma oportunidade. Que eu tinha de aprender não só a pedir mas a dar mais e mais.
Eu era muito pequena mas aprendi a lição. No Natal seguinte começaram as doações que existem até hoje, em várias alturas do ano.

O mais importante além das ofertas é dar-lhes atenção. Falar com eles. Passar-lhes a mensagem que são importantes.

Mas como um presente caí sempre bem, aqui ficam algumas ideias.









Além destas prendas físicas, há sempre as opções onde se reúne a família e vamos construir memórias.

Opções sempre válidas.
Além de não ser a maior fã de estabelecimentos onde animais estão fechados para beneficio e deleite humano, acho que para crianças é um local mágico.
Estas atividades situam-se entre os €10-€20 por pessoa. 

Uma ida ao cinema e um almoço/jantar num daqueles restaurantes que eles amam mas só fazem mal também são opções. Dias não são dias. 

Espero que as dicas ajudem. 

Favoritos de Maio


- Sempre gostei de gomas, um gosto herdado pela minha mãe. Não como com muita regularidade, mas quando passo pela Hussel tenho de ir comprar as minhas gomas favoritas, os smurfs. No mês de Maio foram estas pequenas maravilhas que me acompanharam no cinema, substituindo as minhas amadas pipocas, que me fazem imenso mal. Cinco gomas em vez de um balde de pipocas parece-me justo.

- Quando o tempo começa a aquecer, detesto usar meias. Só uso com ténis, mas todo o restante calçado uso sem meias. No entanto, depois de meses com pés protegidos com meias, as feridas e bolhas são constantes. Por essa razão este produto é essencial.
Colocado sobre o pé, deixa uma pequena camada que protege os pés da fricção com o calçado. Salva vidas! (Recentemente vi uma nova embalagem em tons de verde, não tenho a certeza se mudaram porque ainda encontrei esta à venda.)

3 - Já referi que lavo as mãos demasiadas vezes. E não falo em passar as mãos por água, esfrego, ensaboo e raspo. Assim, as minhas mãos podiam ser um verdadeiro horror. Não o são porque ando sempre com creme.
Num destes dias, estava eu à espera do E num centro comercial, depois de um daqueles dias tensos e as minhas mãos estavam a arder de tão irritadas. Fui ao continente à procura de um creme e encontrei este. É maravilhoso. Tem uma hidratação média mas o creme é bastante leve. Fiquei fã.

4 - Já falei do meu amor por batons vermelhos. Gosto de testar vários tons e texturas e foi numa dessas experiências que encontrei este batom liquido da Sleek. É fantástico.
Torna-se difícil para aplicar a quem não está habituado, mas depois de aplicado não só fica lindo, como dura uma vida.

5 - Quando era crianças, os meus Verões eram passados na praia. Todos os dias, lá ia eu com a minha tia durante a semana e os meus pais ao fim-de-semana. E os meus companheiros mais fiéis eram os livros de banda desenhada da Disney. Enquanto o dinheiro dos meus primos era gasto em gelados e sumos, eu gastava nestes livrinhos. Um vício que me acompanha até hoje.
Sempre que os vejo à venda, trago um comigo. É um deleite.

6 - Conheci a marca Tony Moly numa viagem. Comprei uma máscara em forma de tomate e um creme em forma de banana e foi amor. Na altura ainda não podíamos encontrar a marca em Portugal. 
Felizmente já a podemos encontrar. A Sephora tem uma gama bastante completa da marca e no site da Primor também podemos encontrar imensos produtos. 
Esta é uma daquelas máscaras que nos deixam com cara de múmias mas são extremamente hidratantes. É mesmo uma boa opção para quem gosta de máscaras.

7 - Nunca uso o mesmo perfume. Há perfumes que mantenho ao longo dos anos, mas a verdade é que adoro mudar e ter cheiros novos. Este é um dos que me acompanha ao longo do tempo.
É um cheiro frutado floral, com um acabamento amadeirado. 
É um perfume suave e sedutor ótimo para as estações mais quentes. 

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Look da Semana

Não me vou queixar da temperatura, nem do céu cinzento. Só sei que esta Primavera soube tanto a Outono. Esperemos que o Verão seja realmente Verão, quente, luminoso e animado.
Aqui ficam as sugestões para esta semana. 

Looks Casuais 
Eu sou friorenta. Gosto mesmo daquele calor escaldante, só assim consigo andar com pouca roupa ou mais pequena. Com a temperatura que ainda faz, torna-se difícil usar várias peças que tenho no armário, como os tops mais decotados ou vestidos do estilo do de Quinta-feira, que lá estão infelizes, pendurados à espera de saírem à rua. 
Preciso sinceramente de um calçado polka dot! Coisa mais linda!

Looks Profissionais
Já repararam que gosto de polka dot, não é? Acho lindo usar nas estações mais quentes, um padrão divertido e ousado. 
O conjunto de Sexta-feira tem umas cores maravilhosas. Branco/Azul petróleo/Dourado, uma combinação vencedora. 

Boa semana e inspirem-se. 

sábado, 28 de maio de 2016

O que li durante a semana #10

Depois de ma semana de intervalo, voltam as "minhas" noticias. 

Não podia começar por outra notícia. 
Nojo, revolta, tristeza e humilhação. Foi tudo o que senti ao ler a notícia. Não há nada que a faça parecer menos má, não a nada que atenue a dor. Simplesmente horrível. 

"TRINTA HOMENS.
Trinta.
Vinte e nove
Vinte e oito
Vinte e sete
Vinte e seis
Vinte e cinco
Vinte e quatro
Vinte e três
Vinte e dois
Vinte e um
Vinte
Dezanove
Dezoito
Dezassete
Dezasseis
Quinze
Quatorze
Treze
Doze
Onze
Dez
Nove
Oito
Sete
Seis
Cinco
Quatro
Três
Dois
Um
Nenhum.
Eu tiraria todos – um por um – de cima de você neste momento, irmã. Eu limparia seu corpo, tiraria o som dos seus ouvidos, o cheiro deste lugar, as lembranças. 
Se o tempo voltasse, eu os impediria de terem saído de casa. Todos eles.
Eu desligaria os celulares, os computadores, tiraria baterias dos carros, dos ônibus. Eu faria feitiço, veneno, poção, dor de barriga para todos. Trinta.
Eu te levantaria daí e te levaria pra ver o pôr do Sol no Arpoador, se o mundo girasse ao contrário… Mas o mundo não gira.
Foram Trinta.
Um ex-companheiro e vinte e nove “amigos”. Nenhum deles se compadeceu. Vinte e nove seres humanos toparam se unir a um criminoso.
Trinta.
Trinta e um agora compartilharam. Trinta e dois riram. Trinta e três justificaram. Trinta e quatro se excitaram, trinta e cinco procuram o vídeo neste momento.
Agora o número se torna uma projeção geométrica. A misoginia aparenta infinita, o ódio e o machismo aparentam grandiosos demais. A primeira reação do público masculino em geral é ver o vídeo.
No entanto, quando pensei que fôssemos só nós duas, olhei para o lado e vi três, quatro, cinco. Chegaram seis, sete, oito, trinta.
Em segundos fomos noventa, cem, mil, somos milhares por você. Aquele som, aquele cheiro… Queremos que sua memória apague, mana!
E que o mundo nos ouça: “A CULPA NUNCA É DA VÍTIMA”. Que ecoe.
Que ecoe: Daqui vocês não passam. Não passarão.
Que cada uma de nós seja porta voz do ocorrido. Se a grande mídia não denuncia a violência contra a mulher periférica, que nossas mãos sejam denúncia.
Na violência contra a mulher todas metemos a colher.
DENUNCIE.
No site do Ministério Público, Polícia Federal e disque 180. Mexeu com uma, mexeu com todas."
(Texto de Luara Colpa)


Sempre gostei da selecção de leitura do NY Times, Como muitos dos livros publicados nos EUA apenas chegam por cá alguns longos meses depois, uma das coisas que normalmente faço é comprar os ebooks em inglês, sendo que a lista do NY Times dá-nos sempre várias ideias interessantes, 

Para quem gosta de futebol hoje é um dia especial. Joga-se a final da Liga dos Campeões, o "nosso" Ronaldo vai jogar e todos esperamos um bom espectáculo. 
Sou daquelas pessoas que grita, se irrita e não gosta de conversa durante os jogos mas não consegui parar de rir com algumas destas perguntas. 

Não há muito a dizer, já disse muito aqui. Continuamos com uma sociedade ridiculamente racista e estúpida.  

Para a semana há mais e esperemos que melhores.
Bom fim-de-semana. 

quinta-feira, 26 de maio de 2016

1 Ano de pequenas vontades!

Não gosto muito de aniversários, fazem-me sentir o peso dos anos e eu sinto-o. Mas temos que os comemorar certo? 
Há um ano decidi criar um blogue porque sim. Sem expectativas ou metas. 
A verdade é que comecei a escrever regularmente apenas em Outubro, mas Maio é a data de criação. 

Criei e gostei.
Gosto da partilha, da interacção, das diferenças de opinião, dos vossos blogues, de vocês.
Isto é realmente muito giro. 

Ahhh e eu sou a Nádia. Muito gosto!


quarta-feira, 25 de maio de 2016

Filme da semana, X-Men - Apocalypse



Voltamos com filmes de super-heróis e este é dúvida o meu favorito. 
Se me apaixonei já adulta por personagens como Iron Man ou Batman (jamais colem a personagem à triste e macabra interpretação de Ben Affleck), os X-Men são um amor antigo e infantil.
Todos os dias acordava cedo para ver os desenhos animados que passavam na Sic sobre a escola de mutantes do Professor X, sonhava em ser a Storm e tinha, e mantenho, uma paixão platónica pelo selvagem Wolverine.

Assim, desde que em 2000 se iniciaram os filmes dos X-Men, tenho visto todos, sem excepção, várias vezes. 
É verdade que gosto mais dos últimos filmes do que da trilogia original. São um espectáculo de entretenimento melhor e mais elaborado, mas todo o universo mutante vive no meu coração. (Lamechas!)

Apocalypse é isso mesmo, um bom filme de entretenimento, com um bom elenco e uma boa história.
A verdade é que esperava um pouco mais. A história é bem contada, no entanto, fico sempre há espera de sentir o mesmo que senti depois de assistir X-Men - Fist Class, para mim o melhor até hoje.

Em Apocalypse é-nos contada a história do primeiro mutante e como este tenta reivindicar o que julga seu. 
Mas mais do que isto é uma abordagem social, uma metáfora poderosa dos nossos comportamentos.
A história de Magneto será sempre uma das minhas favoritas, talvez porque Michael Fassbander seja tão irrepreensível e maravilhoso na pele do personagem, que nos faz, muito facilmente, perceber e até apoiar o lado do herói-vilão. 
A inclusão de Sophie Turner como a jovem Jean Grey é também um dos grandes trunfos do filme. Ela deixou-nos apaixonados com Sansa de GoT e aqui volta a fazê-lo. 
Para finalizar, os 2 minutos de cena de Hugh Jackman valem cada segundo. 

É um bom filme do género e é um bom filme no geral. Entretém, anima e iguala as expectativas dos fãs. 
O melhor filme de super-heróis que estreou este ano, até agora. 


terça-feira, 24 de maio de 2016

308

Ontem falei numa nova semana com novas oportunidades de fazer melhor, ora um dos começos está relacionado à minha saúde.
308. É o numero mágico que me vai fazer mudar de vida. 

26 anos e 308 de colesterol total. A verdade é que os meus índices sempre foram altos, desde miúda, mas nunca a estes níveis.
Sou sincera, o número não me assusta, o que me assusta é todo o histórico familiar de AVC´s que tenho. Todos os meus avós os tiveram, hoje o meu guerreiro está na cama por isso. 
Claro que aconteceu não só pelo colesterol que tinham, nem tenho a certeza que os meus avós paternos o tinham, mas sei que o meu avô, que há 8 anos está acamado, sofria desse mal e nem sempre foi o mais cuidadoso.

Posto isto, é hora de mudar. 

Na alimentação não há muito a mudar. Há muita coisa que já não consumo no entanto terei de fazer pequenas mudanças. Essencialmente terei de retirar o queijo e os enchidos (única carne que adoro comer) da minha alimentação. O queijo será a minha grande tristeza. Assim como alguns mariscos. Eu amo marisco e como com alguma regularidade. 

A preguiça tem de acabar. Não há sensação tão boa como a quando acabamos de nos exercitar, no entanto nos últimos tempos a inércia tem ganho sempre.
Já não há corridas, exercícios em casa ou meros alongamentos e yoga. Não há nada.
Mas como o exercício, para além de tudo, é essencial para ajudar no controlo dos índices de colesterol, vamos lá mexer o corpo.

Controlar. Depois de uma doença que me levou a fazer analises todas as semanas a verdade é que criei uma pequena aversão e nos últimos 8 meses não verifiquei nada, o que para mim é obra. Normalmente gosto de ter tudo controlado e neste momento descontrolou-se tudo.

As próximas análises sérias serão no começo de Agosto, tenho então dois meses para tudo voltar ao normal e recuperar a minha saúde plena. 
Vamos lá trabalhar.

Algumas dicas para me ajudar?

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Look da Semana

A semana que passou foi complicada. Pouco tempo e pouca inspiração. Além de ter sido uma semana de novas experiências e emoções, a minha parte criativa foi colocada um pouco de lado. Além disso, não passei nos vossos blogues, não criei nada para o meu e tudo me pareceu meio abandonado.
Mas com um começo de uma nova semana, começa definitivamente uma nova oportunidade de fazer tudo melhor. 
E para melhorar, o blog faz um ano esta semana. Sim, a verdade é que só reconheço o início seriamente em Outubro, quando comecei a escrever diariamente, mas criei-o em Maio e tenho de comemorar. Ainda não sei como... Alguma ideia?

Mas antes de mais vamos aos looks que a semana está aí.

Looks Profissionais


Tirando o look de Quarta-feira, que é muito girly para mim, adoro todos profundamente. Os looks de Quinta e Sexta-feira são a minha cara estampada e não posso esperar para usar a minha versão do look de Sexta.

Looks Casuais

Sou completamente a favor de sapatilhas no Verão. Acho que fazem um look maravilhoso e não podiam ser mais confortáveis. As Converse e New Balance são as minhas favoritas, acho que são as marca mais confortáveis.
O look de Sexta-feira com o pormenor da bandana é maravilhoso. Em breve um post de como as usara.

Inspirem-se!
Boa Semana. 

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Lutas da POC #2


Gosto muito de cozinhar. O tempo que passo na cozinha a confeccionar os pratos que mais gosto é sempre um dos preferidos do dia. Mas sou um caos na cozinha. Porquê? Porque utilizo todos os utensílios a que tenho direito (um recipiente para cada alimento, nada de misturar), uso 50 colheres para provar um molho (isso de lavar e utilizar a mesma colher parece-me tão pouco higiénico) e lavo tudo ao extremo. Não sendo assim tão adepta de carne, o meu dilema são mesmo os vegetais e frutas. Eu adoro tudo o que a terra nos dá. Apenas não como beterraba porque sou alérgica e pêra porque odeio a textura. Tudo o resto adoro de paixão. A piada (not) está na forma como preparo tudo. Por exemplo, comer uma simples laranja é uma tarefa complexa. Primeiro lavo a casca da laranja, sim, porque não sei onde a laranja andou até chegar cá a casa. Descasco-a. Agora faço uma pausa para lavar as minhas mãos. Porque descascar uma laranja deixa-nos com uns sucos estranhos entre as unhas que têm de ser rapidamente limpos antes de secarem e ficarem uma meleca ainda maior. Depois de lavar as mãos, parto a laranja nos devidos gomos, tirando todos fios que lá estiverem. Lavo as mãos. Como a laranja. Lavo as mãos.

Outra coisa engraçada, e esta acho que é mesmo só mania (ou tento convencer-me que é), é o facto de literalmente puxar o lustro à fruta e vegetais antes de os comer ou confeccionar. Pois pego no meu paninho é vá de limpar até ficarem a brilhar.
Claro que hoje faço isto de maneira tão automática e própria que ninguém que me conhece dá muita importância, é simplesmente a minha maneira de fazer as coisas. Claro que há sempre uma amiga ou prima que implica um pouco, mas na minha cabeça não outra forma de fazer as coisas. 
Não ter tudo devidamente separado e limpo, muito limpo, é razão para os meus níveis de ansiedade subirem em flecha. Começo a imaginar os cenários catastróficos que podem ocorrer se as coisas não forem executadas à minha maneira, pelo menos quando sou eu a fazer as coisas.

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Filme da semana, Captain America - Civil War


Eu sou a maluquinha dos filmes de super-heróis, Sim, são patriarcais e machistas. Sim, promovem alguns ideais duvidosos. Eu sou formada em sociologia, mas não tenho de analisar tudo.
Gosto de filmes de acção, gosto de super-heróis, sou um tanto geek e divirto-me imenso.

Foi com uma grande expectativa que fui ver com o E, o meu companheiro de cinema favorito neste mundo, o Capitão América  - Guerra Civil. E não saí desfraldada. O filme é bom, mesmo bom.
Não se retém no estereótipo de "filme de super - heróis"  e leva o combate moral a um novo nível. 
A premissa é simples, até quando a nossa liberdade de defesa pode chegar? 
A equipa dos Avengers divide-se e é impossível não escolher um lado. 

Curiosamente, eu e o E ficamos em lados opostos. Sempre disse que o que mais gosto na nossa relação é isto, sermos tão iguais mas tão diferentes, Pelas nossas vivências e experiências olhamos a vida com um olhar diferente. Podia ser terrível mas não é. 
Ensinamo-nos imenso, crescemos pelos olhos um do outro.

Fora este à parte, aconselho mesmo verem o filme, para quem gosta do género. 
Há cenas de acção maravilhosas, piadas muito boas e novos personagens muito interessantes. 

Bom filme. 

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Tendência #11 - Pompom

Há coisa mais bonita e divertida e fofa e maravilhosa que pompons?
Desde miúda sou fã. No meu quarto de infância tinha uma fita de pompons, muito semelhante às populares hoje em dia, que fiz com a minha mãe quando me ensinou a fazer pompons. 
É o amor de uma vida. 
Assim, fiquei tão feliz quando vi que esta temporada os pompons estão em todo o lado. Em carteiras, sandálias e roupa. Para colorir e alegrar os nossos looks. 


Fica tão lindinho.
Nas lojas perto de nós encontramos as mais variadas peças com esta tendência.



Podemos encontrar esta tendência em decoração, essencialmente nos têxteis. 
É também uma tendência bastante fácil de produzir DIY, uma vez que podemos encontrar os pompons já feitos em qualquer loja dos nossos amigos chineses.

Espero que gostem. 

terça-feira, 17 de maio de 2016

Deixar a Primavera entrar em casa.

Agora que está, finalmente, calor, podemos abrir a nossa vida à magia da Primavera.
Gosto sempre, nesta altura, mudar pequenas coisas na decoração, para tudo ficar mais leve e primaveril. 
Assim, aqui ficam algumas dicas de objectos para enchermos a casa de cor.



(Esta formiga é maravilhosa. Quero muito!)


Espero que gostem!

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Look da Semana

O sol brilha lá fora. A brisa é quente. Parece que a Primavera decidiu dar caras. E os nossos looks ficam mais alegres. 

Looks Casuais
Sandálias, tecidos leves e uma frescura que só a Primavera nos dá. 
Estou profundamente apaixonada por cada conjunto desta semana. Fiz uma coisa diferente, em vez de idealizar os looks aleatoriamente, compus a olhar para o meu armário. Todas as peças são muito semelhantes a algo que tenho e acredito que este exercício vai potencializar imenso o meu guarda-roupa e a forma como uso as minhas roupas. 

Looks Profissionais 
Não há nada mais elegante do que um vestido bem cortado. Por isso é que a maioria dos looks profissionais são compostos por vestidos. O vestido de Sexta-feira da Miss Selfridge é absolutamente maravilhoso. 
Por outro lado, o look de Quarta-feira, são duas peças combinadas para o efeito visual de um vestido. É algo que todas podemos fazer e mais uma vez potencializa o nosso guarda-roupa.

Inspirem-se.
Boa Semana! 

sábado, 14 de maio de 2016

O que li durante a semana #9

Semana de chuva com muito tempo para lermos as mais diversas notícias. 

Uma das rubricas que mais gosto de ler. É sempre bom termos contacto com as opiniões, muitas vezes diversas das nossas, não só para termos outra perspectiva como para cultivarmos a empatia.

Toda a evolução demora tempo a vingar. Todos os preconceitos demoram a ser banidos da cabeça dos ignorantes. 

A Internet, esse veículo descobridor, leva-nos a conhecer novas realidades, abre horizontes e educa-nos. Mas oferece, também, um leque de novos mundos que nem sempre queremos conhecer.  

Toda e qualquer pessoa tem o direito à defesa. O texto é maravilhoso.

Não defendendo a figura politica actual, o que aconteceu esta semana no Brasil com a Presidente Dilma, não passa de uma manobra macabra de como o dinheiro e poder dominam o mundo. 

Para a semana há mais,
Bom fim de semana.

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Tendência #10 - Metálico

Eu não sou uma pessoa básica. Já referi algumas vezes que eu adoro metálicos e brilhos e isso tudo! Se há coisa que me dá alento para compor looks é ver aquelas peças brilhantes, bonitas e festivas. Para qualquer altura do ano.
No Verão, com a pele bronzeada fica maravilhoso. Peças marcantes, que tornam o look mais interessante.
E este ano é super tendência.




O melhor é que as lojas estão repletas de artigos brilhante para a minha alegria. 

Desde às marcas mais selectivas.




Às mais eclécticas. 





Gostam desta tendência ou nem por isso?

Top5 - Os meus chocolates favoritos

Não sou a maior fã de chocolate. Não enlouqueço, não sonho nem salivo com chocolate, mas gosto.
Gosto apenas de chocolate misturado com alguma coisa, com amêndoas, avelãs ou amendoins. 
A verdade é que não sendo a maior fã nunca provei chocolates requintadíssimos, Assim que me lembre já experimentei Godiva e Puccini, das marcas mais prestigiadas. 
Mas o que eu gosto mesmo são os chocolates que encontramos em todo o lado. Paladar infantil no que toca a esta questão. 


E por aí, quais os vossos favoritos? Qual é aquele chocolate que não posso mesmo morrer sem experimentar?

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Lutas da POC #1


Não me recordo de mim sem ter "manias". A verdade é que a parte maior do meu sofrimento com este transtorno vem das obsessões, estas sim são capazes de me derrubar. As compulsões são mais uma consequência. Algo que eu tento não fazer, mas que a Poc leva a melhor, quase sempre. A maior de todas é sem dúvida lavar as mãos. Eu sempre fui obcecada por lavar as mãos. Os meus pais contam que por volta dos 4/5 anos, se desaparecia por um segundo estava decerto a lavar as mãos. Deve ser por isso que gosto tanto de sabonetes.

Lavar as mãos acalma-me, relaxa-me, alivia-me. É a primeira coisa que faço quando acordo, quando me deito, quando saiu de casa, quando chego a casa. É por esta necessidade que detesto tocar em pessoas e objectos desconhecidos. Não quero dizer que sou daquelas pessoas que não tocam as outras. Bem, quer dizer isso mesmo. Se não conhecer a pessoa não a vou cumprimentar se puder evitar. Se for com os típicos beijinhos onde mal nos tocamos ainda consigo assentir, agora apertar a mão a alguém é uma batalha mental de proporções épicas. Eu não sei onde a pessoa andou com as mãos. Talvez tenha tossido. Talvez tenha colocado o dedo no nariz. Talvez tenha coçado o ouvido ou colocado o dedo em sítios menos próprios. Ou pior, pode estar suado. Tudo o que consigo imaginar naqueles milésimos de segundos me faz arrepiar e desejar sair a correr para dar uma lavagem de precaução nas minhas preciosas mãos. Mas os meus pais educaram-me bem e as vezes tenho de me sacrificar. Mas mal as mãos se tocam começo a fervilhar de ansiedade. Eu tenho de lavar as mãos. Eu tenho de lavar as mãos. Eu tenho de lavar as mãos. Eu tenho de lavar as mãos. Eu tenho de lavar as mãos. Eu tenho de lavar as mãos. Eu tenho de lavar as mãos. Eu tenho de lavar as mãos. Eu tenho de lavar as mãos. É assim que a minha cabeça começa a funcionar.
É claro que isto já me condicionou em algumas situações, algumas mais graves que outras. Lembro-me de uma vez na faculdade, num exame, onde passados meros 15 minutos depois de começar, ao colocar-me numa posição confortável, toquei em algo colado na borda da mesa. É claro que quando vi que era uma pastilha acho que até perdi o ar. Pedi encarecidamente ao meu professor para me deixar ir lavar as mãos, mas ele apenas olhou para o meu gel desinfectante (BFF ❤) em cima da mesa e deu-me um redondo "Não" como resposta. É assim, eu adoro gel desinfectante, mas não é a mesma coisa. Nada substituí água e sabão. Nada.
Conclusão, entreguei o exame que valia a nota do semestre 15 minutos depois de começar, simplesmente para ir lavar as mãos.
Mas convenhamos, existe alguma coisa melhor que umas mãos lavadinhas e a cheirar a limpo?

terça-feira, 10 de maio de 2016

Economizar nas contas de casa.

Ser adulto é muito bom. Gosto mesmo de todas as partes de sermos os únicos responsáveis pelas nossas atitudes, no entanto, pagar contas é uma porcaria. 
Quando fui para a faculdade tinha um orçamento para gerir, foi quando comecei a perceber o conceito de poupar nas contas. Mas a verdade é que os meus pais pagavam a casa, a faculdade e davam-me a mesada para a minha alimentação. Assim não era difícil e quando as coisas apertavam, um telefonema com um choradinho resolvia as coisas.
Agora é diferente. Sou eu e o E, a nossa casa e as nossas contas. Não há telefones para nos safarem, não há o "gastei tudo mas amanhã há mais", porque não há.
Não podemos viver a vida toda a depender dos outros, não é mesmo? 
Assim, desde que temos a nossa casa e as nossas contas, a preocupação com o poupar um pouquinho é uma realidade. 
Hoje venho partilhar algumas dicas que me ajudam a poupar uns trocos para também poder viver a vida e não andar obcecada com o dinheiro. 



Espero que ajude alguém por aí.

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Look da Semana

Já não sei o que fazer para me alegrar com este tempo. Sinto-me repetitiva, mas a verdade é que a criatividade foge um pouco quando só pensas no calor e não pára de chover.


Looks Profissionais 

As sandálias de Terça e Quarta-feira são as minhas peças favoritas deste conjunto de looks. Acho-as maravilhosas e muito versáteis.
Volto a compor looks ainda com agasalhos porque o clima ainda não está para outra coisa. 

Looks Casuais 


Muita ganga. Uma das coisas que mais gosto na Primavera/Verão é usar ganga sempre que quero. Não acho um tecido completamente Inverno, tirando os jeans, assim vingo-me no Verão.
Os keds de Terça-feira são as coisas mais lindas! Andorinhas! Eu preciso deles!
A mistura de estampas de Quarta-feira, listras e animal print, é das misturas que mais utilizo no meu dia-a-dia. Acho muito cool e é uma das misturas mais assertivas. 


Espero que gostem e se inspirem nos looks desta semana. 
Boa semana!